Scroll Top

Tratamentos estéticos para pele negra: 5 Opções seguras e eficientes!

Mulher negra olhando para câmera com as mão no rosto - BCMED Tratamentos estéticos para pele negra: 5 Opções seguras e eficientes!

Você profissional que está pensando em quais cuidados deve se atentar em peles negras, a fim de garantir a segurança e qualidade em seus procedimentos, confira neste artigo todos os cuidados e indicações seguras para a pele negra que você profissional da estética precisa saber.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população negra representa a maior parte da população brasileira, e a busca de tratamentos estéticos para pele negra vem crescendo cada vez mais, visto que as principais queixas estéticas de pessoas com pele negra são a facilidade no desenvolvimento de: acne, oleosidade, queloide, manchas de acne e após depilação a laser inadequada. É preciso entender a fundo como funciona a pele negra antes de realizar procedimentos em seus clientes. 

A escala de Fitzpatrick é um sistema de classificação dos fototipos que foi criado nos EUA em 1976, de acordo com o seguinte parâmetro:

  1. Pele branca: que sempre se queima é muito sensível ao sol e nunca se bronzeia.
  2. Pele branca: que sempre se queima, é sensível ao sol e se bronzeia muito pouco.
  3. Pele morena clara: queima moderadamente, sensibilidade normal ao sol, bronzeia de forma moderada.
  4. Pele morena moderada: queima pouco, sensibilidade normal e bronzeia sempre.
  5. Pele morena escura: queima raramente, sensibilidade baixa, bronzeia sempre.
  6. Pele Negra: queima nunca, sensibilidade inexistente e totalmente pigmentada.

Em concordância com o Doutor Maurício Mota de Avelar Alchorne, a pele negra possui particularidades na composição das diversas camadas da pele, o mais perceptível é a maior quantidade de melanina, graças aos melanossomas grandes e não agregados por toda epiderme, principalmente na camada basal. A melanina é um FPS natural produzido pelo corpo; possui um maior número de células no seu estrato córneo, porém seu tamanho celular é mais compacto que em pele clara.

Já na derme, o maior número de fibroblastos em conjunto com menor atuação da colagenase resulta na maior propensão a formação de queloide em negros. Não há diferença na quantidade de glândulas sebáceas porém pelo seu formato maior produzem mais sebo nas faces negras do que brancas, causando a famosa oleosidade. Os folículos pilosos de pessoas negras tendem a apresentar menor quantidade e são menos densos do que em peles claras, e sua estrutura e propriedades mecânicas são diferentes. 

Ademais, a pele negra possui maiores chances de certas condições e patologias cutâneas serem provocadas com procedimentos estéticos que por isto devem ser bem ponderadas antes de serem realizados. 

Mulher negra sorrindo de perto mostrando as texturas naturais da pele - BCMED Tratamentos estéticos para pele negra: 5 Opções seguras e eficientes!
Aprenda de uma vez a cuidar da pele negra de forma segura!

QUAIS OPÇÕES DE PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS SÃO SEGURAS PARA A PELE NEGRA?

Ao contrário do que se pensa há diversas tecnologias disponíveis para a pele negra, que além de deixar suas clientes mais lindas, também trazem a segurança que sua clínica precisa para realizar procedimentos em peles negras.

  1. Fotobiomodulação:

É uma técnica que permite a utilização de feixes de LED e laser  que inibem ou induzem a atividade celular como forma de tratamento estético, porém pode ser utilizado em terapias contra doenças de pele. 

O tratamento com a técnica de fotobiomodulação traz diversos benefícios para a pele, o LED azul, por exemplo, trabalha na epiderme estimulando a hidratação, rejuvenescimento facial e anti bactericida ideal para tratamento de acne ativa, já o LED vermelho induz ação anti-inflamatória com efeito cicatrizante de acne ativa, como auxilia o reparo tecidual e após procedimentos químicos e físicos agressivos. 

Para você que tem interesse em um equipamento moderno de fotobiomodulação aqui na BCMED você encontra o Fluence Maxx um aparelho que possui mais de 1.700 protocolos pré-programados, de acordo com a quantidade de acessórios adquiridos. 

  1. Black Peel:

É uma técnica conhecida igualmente como peeling de Hollywood, que possibilita o uso de laser em conjunto com uma máscara de carvão ativado, com ação de promover uma minimização de manchas e oleosidade facial, consequentemente a diminuição de cravos e espinhas, como o fechamento dos poros e estimulação de colágeno. Para peles negras que constantemente se queixam de acne, o Black Peel atua na inativação glandular entregando um viço brilhoso e suave na região tratada, a fim de uma pele mais macia e lisa. 

Pode ser utilizado o laser Q-switched no peeling de carbono, já a máscara usada neste tratamento é de origem vegetal e vulcânica, rica em minerais que estimulam o rejuvenescimento facial.

Para você que tem interesse em um equipamento moderno de Black Peel aqui na BCMED você encontra o Ômer Smart um equipamento de remoção de tatuagem e Black Peel com disparos em nanossegundos

  1. Eletroestimulação:

Para peles negras há duas correntes faciais que podem auxiliar no combate de reclamações habituais, melhorando a saúde da pele e a auto-estima da sua paciente. A corrente MENS estimula a cicatrização da acne ativa, melhora a textura e entrega o viço desejado, podendo ser aplicada com um ativo clareador de manchas para a melhora do aspecto de manchas de acne comum em pele negra. Já o desincruste é uma das técnicas da corrente galvânica, que tem como benefício a diminuição da oleosidade, porém é recomendada apenas para pessoas que possuem a pele realmente muito oleosa, já que o sebo produzido é uma proteção natural da pele e não deve ser retirado sem real necessidade. 

Para você que tem interesse em um equipamento moderno de eletroestimulação aqui na BCMED você encontra o Stimulus Face Maxx uma multi plataforma completa para procedimentos faciais.

  1. Laser de Depilação:

Antigamente, o laser de epilação não era uma tecnologia recomendada para pele negra, porém nos dias atuais praticamente muitos lasers são seguros para a pele negra, trazendo mais segurança, para que o procedimento não resulte em uma queimadura grave.

Porém o profissional deve garantir que seu equipamento realmente possui o comprimento de onda adequado para os fototipos altos de seus clientes, a onda de comprimento ND-YAG é a responsável por entregar mais segurança de peles negras em procedimentos de depilação a laser; como também o profissional deve ter conhecimento da energia a ser depositada na região a ser tratada.

Para você que tem interesse em um equipamento moderno de laser de depilação aqui na BCMED você encontra o Hakon que possui quatro comprimentos de ondas, seguro para os fototipos mais baixos aos mais altos, como também para peles bronzeadas.

  1. Criofrequência: 

A criofrequência é a associação da crioterapia e da radiofrequência, que traz diversos benefícios para pessoas que buscam rejuvenescimento facial, já que de forma simultânea entrega calor internamente e um resfriamento na superfície da pele, gerando um estímulo de colágeno causando uma retração cutânea, como também pode ser utilizado no corpo para tratamento de gordura localizada, celulites, de cicatrizes e melhora do aspecto da pele no geral. 

Como qualquer outra tecnologia que gera inflamação interna, como o ultrassom ou criolipólise convencional, pode ser realizada em peles negras com segurança. Com tudo, deve-se analisar se a pele não possui melasma, já que o mesmo tende a piorar após o aumento de temperatura da radiofrequência. 

Para você que tem interesse em um equipamento moderno de criofrequência aqui na BCMED você encontra o MaxiShape Cryo um equipamento com RF+CRYO para você potencializar os resultados da sua clínica.

O QUE DEVE SER EVITADO USAR EM PELES NEGRAS?

Como vimos anteriormente, o fato da pele negra possuir uma maior quantidade de melanina é o motivo de terem maior facilidade em adquirir manchas de pele, como também a grande quantidade de fibroblastos ativos causa maior possibilidade de originar uma queloide. 

Os principais tratamentos que devem ser evitados em peles negras são:

  • Jato de Plasma/Eletrocautério;
  • Peeling químico agressivo;
  • Lasers não específicos para fototipos altos;
  • Microagulhamento em profundidade muito alta.

PORQUE NÃO PODE USAR JATO DE PLASMA EM PELE NEGRA?

Em peles negras deve ser evitado o uso de jato de plasma de forma muito agressiva, como também eletrocautério, já que há maior tendência na formação de cicatrizes problemáticas como o quelóide, já foi visto neste artigo que peles negras possui maior produção de fibroblastos, que causam esta formação de uma cicatriz exagerada, tão conhecida como o quelóide. A profissional Cris Boneta, especialista em pele negra, utiliza o jato de plasma, mas com muitos cuidados específicos.

Se ocorrer esta intercorrência, deve ser feito um tratamento eficaz com uma pomada tópica com corticóides, como também a crioterapia ou laserterapia são ótimas associações ao tratamento prescrito pelo dermatologista. 

QUEM TEM A PELE NEGRA PODE FAZER PEELING?

Pode ser realizado peeling em pele negra, porém deve haver cuidados na escolha dos ácidos no caso de peelings químicos, não sendo recomendado ácidos muito agressivos, para não suceder em uma mancha na face. Já Peeling mecânico (cristal ou  diamante), HollyWood (térmico) são totalmente seguros para negros. Cada tipo de ácido terá determinado tempo de aplicação, como também sua frequência de intervalo de sessão será variável, porém para peles negras a quantidade de aplicações é maior para um bom resultado, em média de 4 a 5 sessões.  A seguir, confira os ácidos para peeling químico que podem ser aplicados de forma segura e quais peeling devem ser evitados. 

QUAL O MELHOR ÁCIDO PARA PELE NEGRA?
  • Ácido Retinóico 5%;
  • Ácido Lático;
  • Ácido Glicólico 70%;
  • Ácido Salicílico.
QUAIS PEELINGS DEVEM SER EVITADOS?
  • Peeling de Fenol;
  • Peeling TCA.

QUAL LASER DEVE SER UTILIZADO EM PELE NEGRA?

Como visto no tópico BLACK PEEL, o ND-YAG e o Q-SWITCHED são os lasers indicados para fototipos altos (V,VI), o ND-YAG é atraído pela hemoglobina invés da melanina, cauterizando o vaso sanguíneo do folículo piloso consequentemente causando a perda dos pelos da região tratada; esta onda de comprimento traz segurança, conforto e eficiência em peles negras na depilação a laser.  Já o Q-SWITCHED consegue quebrar pigmentos tratando manchas, olheiras, melasmas, cicatrizes de acne através do Black Peel para um  rejuvenescimento facial de forma segura para diversos tipos de pele. 

QUEM TEM PELE NEGRA PODE FAZER MICROAGULHAMENTO?

O microagulhamento é indicado e seguro para todos os tipos de peles, inclusive a pele negra, porém deve ser bem avaliado e com certas restrições de profundidade, já que se for perfurado uma camada mais profunda da derme pode causar manchas e até quelóides resultando em um efeito rebote. É indicado o uso de dermaroller/dermapen com associações a ativos clareadores de manchas, anti-acne ou hidratantes, para potencializar os resultados. Os valores de um microagulhamento variam muito de acordo com o equipamento e ativos utilizados, e qual o profissional que irá aplicar a técnica, sendo em torno de R$150,00 a R$1.500,00. O artigo Microagulhamento no Blog da BCMED pode ajudar a entender melhor sobre esse procedimento.

QUAL A MELHOR ROTINA DE SKINCARE PARA PELE NEGRA?

Mulher negra passando creme no rosto - BCMED Tratamentos estéticos para pele negra: 5 Opções seguras e eficientes!
Confira as melhores dicas de skincare em pele negra.

Muitas pessoas acreditam que a pele negra não necessita de tantos cuidados como de pele clara. Por exemplo, o pensamento de que pessoas negras não precisam usar protetor solar pois já possui muita melanina, está equivocado, já que a exposição solar sem proteção pode causar melasmas, envelhecimento precoce e o câncer de pele em negros. A seguir confira uma recomendação básica de skincare para peles negras:

  • Lavar o rosto duas vezes ao dia com sabonetes líquidos anti-oleosidade;
  • Hidratante diurno de vitamina C;
  • Sérum noturno de niacinamida;
  • Máscara de argila verde ou máscara de tecido rica em ativos semanalmente;
  • Protetor solar todos os dias, saindo ou não de casa, para proteção da luz natural e artificial. 

COMO TIRAR MANCHAS DE PELE NEGRA?

Como acabamos de ver neste artigo há diversas tecnologias que auxiliam a minimizar manchas de forma segura em peles negras, porém a rotina de skincare também auxilia de forma integral se feita corretamente. O sérum de niacinamida e hidratante de vitamina C são ótimos ativos que reduzem de forma significativa manchas de forma saudável sem agredir a pele negra. Além de manchas, estes ativos evitam o envelhecimento precoce, deixam a pele mais iluminada e minimizam linhas finas. 

EXISTEM CURSOS DE ESTÉTICA PARA TRATAMENTOS EM PELE NEGRA?

Existem diversos cursos de estética voltados a cuidados estéticos com a pele negra, com a aplicação de diversos aparelhos estéticos para pele negra de forma segura, os cursos estéticos para pele negra explicaram o porquê de evitar determinados recursos, e todos os cuidados específicos com a pele negra. Nos dias atuais, há cursos de estética facial para tratamento de pele negra de forma online, ideal para pessoas que não moram em cidades que possuem centro de formação de estética, com cursos focados em pele negra. 

Tratamentos estéticos para pele negra podem ser feitos por qualquer profissional da estética, porém existem clínicas de estética especializada em pele negra em algumas regiões, trazendo maior segurança para as clientes saírem mais lindas e autoconfiantes.  

Você que está pensando em abrir um centro de estética especializado em pele negra, aqui na BCMED você encontra as tecnologias mais seguras do mercado para suas clientes!

Artigos Relacionados

Deixar um comentário