Outubro Rosa: Vamos falar sobre isso?

Assuntos difíceis também precisam ser debatidos. Outubro Rosa é o mês de conscientização sobre o câncer de mama, que representa quase 25% dos casos de todos os tipos de neoplasias diagnosticadas nas mulheres. 

O câncer de mama ocupa ainda a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres no Brasil, com as maiores taxas de incidências e mortalidade nas regiões Sul e Sudeste do país. Por isso, falar sobre o assunto é tão importante.  

Outubro Rosa
outbro-rosa-câncer-de-mama

O câncer de mama é uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. 

Não existe, contudo, uma única causa para o surgimento da doença. Vários fatores estão relacionados ao câncer de mama e o risco de desenvolver a doença aumenta, por exemplo, a partir dos 50 anos de idade. 

Os fatores de risco podem ser comportamentais, ambientais, hereditários e genéticos, assim como podem ser influenciados pelo histórico reprodutivo e hormonal. É possível, contudo, reduzir o risco de contrair o câncer de mama mantendo o peso corporal adequado, praticando regularmente atividades físicas, evitando o consumo de bebidas alcoólicas e até mesmo através da amamentação.

Quais são os sinais do câncer de mama?

Determinados sintomas, se observados, devem ser investigados o quanto antes, entre eles:

– Nódulo endurecido e fixo, geralmente indolor. Principal manifestação da doença, presente em mais de 90% dos casos;

– Alterações no bico do peito (mamilo);

– Pequenos nódulos na região da axila ou pescoço;

– Saída espontânea de líquido de um dos mamilos;

– Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com uma casca de laranja.

Lembrando que estes sinais podem não ser sintomas de câncer de mama, mas devem sempre ser analisados por um profissional. 

Como notar os sintomas da doença?

Conhecer o próprio corpo é primordial para saber o que é e o que não é normal. A maior parte dos cânceres de mama é descoberto pelas próprias mulheres através do autoexame, reconhecendo quais são as alterações naturais do corpo e quais podem ser consideradas suspeitas.  

Em caso de alterações estranhas e persistentes, portanto, procure um Posto de Saúde. 

Além do autoexame, recomenda-se também a realização da mamografia para identificar o câncer antes que os sintomas se manifestem, especialmente para mulheres a partir dos 40 anos de idade. 

Informar-se, conversar e partilhar informações pode salvar vidas. Compartilhe essa história e ajude a campanha do Outubro Rosa a alcançar mais pessoas! 

Deixar um comentário

Inscreva-se
Inscreva-se AGORA

Inscreva-se para receber as promoções da BCMED

Transforme a sua clínica com os melhores equipamentos e treinamentos do mercado.
close-link
Os melhores equipamentos para a sua clínica com parcelas em até 72x.
COMPRAR
close-image